O PEREGRINO!

O MEU NOME É SAUDADE, PELO MENOS FOI ISSO O QUE EU DISSE CERTA VEZ, A UM VELHINHO VIAJANTE NUMA ESTRADA DESERTA. CERTO QUE ME LIVRARA DELE, PROSSEGUI MEU CAMINHO ESTRADA À FORA, CAMINHEI DURANTE DIAS, FUI ATÉ ONDE PUDE, E MAIS NÃO FUI PORQUE ME DEPAREI COM UM ABISMO PROFUNDO, INCONFORMADO, VOLTEI. SIM, VOLTEI PELO MESMO CAMINHO,ATÉ QUE ENCONTREI NOVAMENTE O VELHINHO. O MESMO ROSTO ENRUGADO, ALGUNS POUCOS CABELOS ESBRANQUIÇADOS PELO TEMPO, E AQUELES OLHINHOS QUE PARECIAM VER A MINHA ALMA. —
E ENTÃO SAUDADE, FALOU ELE AINDA SEM DESTINO, OU JÁ SE ENCONTROU? ENCONTREI UM ABISMO E TIVE QUE VOLTAR! FALEI, POIS PROSSIGA NO CAMINHO DE VOLTA, QUANDO CHEGARES NO INÍCIO, ONDE COMEÇASTE A CAMINHADA, VERÁS QUE EXISTE UMA BIFURCAÇÃO, SEGUE PELO OUTRO CAMINHO, É MAIS ESTREITO E COM ALGUMAS DIFICULDADES, NO FINAL DELE, ENCONTRARÁS UMA CRUZ, ALI DEIXARAS DE SER SAUDADE E CERTAMENTE ACHARÁS O QUE PROCURAS. QUANDO QUIS AGRADECER A INFORMAÇÃO, O VELHINHO JÁ NÃO ESTAVA ALI, E SÓ VOLTEI A ENCONTRA-LO QUANDO COMPLETEI A JORNADA DO CAMINHO ESTREITO, POIS ELE ESTAVA LÁ. PERTINHO DA CRUZ, ENTÃO, VEIO AO MEU ENCONTRO, ME RECEBEU, E JÁ NÃO ME CHAMOU SAUDADE QUANDO DISSE, BEM VINDO PEREGRINO.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

MEU NOME É SAUDADE!

CAMINHANDO CERTO DIA POR UMA ESTRADA DESERTA, ENCONTREI UM VELHINHO, SUAS MUITAS RUGAS, QUASE ESCONDIAM OS SEUS OLHINHOS MIÚDOS, ANTIGOS, MAS AINDA CHEIOS DE BRILHO. – DONDE VENS? ME PERGUNTOU, NÃO VENHO, VOU, RESPONDI, PRÁ ONDE VAIS ENTÃO? INSISTIU, SEM DESTINO, DISFARCEI, DESCONFIADO COM ÀS MINHAS RESPOSTAS EVASIVAS, ELE ARRISCOU MAIS UMA PERGUNTA. – COMO TE CHAMAS? EU ME CHAMO SAUDADE RESPONDI, SAUDADE DE QUE? QUIS SABER, NÃO É SAUDADE DE QUE, MAS SAUDADE DE QUEM! TA BOM, DISSE ELE JÁ DEMONSTRANDO IMPACIÊNCIA, (COISA POUCO COMUM EM ALGUÉM COM TANTA EXPERIÊNCIA DE VIDA.) SAUDADE DE QUEM? QUIS SABER, SEM PENSAR DUAS VEZES, DISPAREI, SAUDADE DE MIM. É ISSO MESTRE, SAUDADE DE MIM. DEPOIS SEGUI O MEU CAMINHO, ENQUANTO O VELHINHO ME OLHAVA, DEVIA ESTAR PENSANDO.ESSE É UM MUNDO DE LOUCOS, E COM CERTEZA AÍ VAI MAIS UM.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

A JANELA

A última janela que ainda existia em nossa casa, mandei fechar à algum tempo, mandei tijolar por fora, mas mantive a janela de madeira pelo lado de dentro, pois ela foi “testemunha” de um fato no mínimo muito curioso. Morava em Santos SP na época do ocorrido. Quando recebi a notícia que o meu pai Chico Vicente estava muito doente, tratei de viajar para Areia Branca, viajei com minha esposa, minha irmã e meu cunhado, um outro irmão meu que também estava lá, não pode vir por se encontrar internado na Santa Casa de Misericórdia naquela cidade..

chegamos em Areia Branca e infelizmente pudemos constatar  que o meu velho pai estava mesmo muito doente, e ficava acamado exatamente no quarto da frente da casa, onde ficava a janela, sim a última que eu mandei fechar. Quando dissemos a ele que o meu irmão não tinha vindo por que estava internado, ele pediu que o levássemos até a janela que ele queria ver a rua, nós o ajudamos a ficar de pé, e ele  permaneceu nessa posição com o olhar parado e fixo num determinado ponto da rua, passados uns cinco minutos, pediu para voltar para a cama. No dia seguinte, faleceu.

voltamos para Santos e no final de semana seguinte à nossa chegada, fomos visitar o meu irmão que já havia recebido alta do hospital, e estava em casa. e sem que lhe contássemos nada em relação ao episódio da janela, ele disse que dia tal, hora tal, ainda no hospital, sonhara com o nosso pai, de pé, sem camisa, bem magrinho, na janela de casa, olhando fixamente em sua direção, verificamos depois, que o dia e a hora do sonho, coincidia exatamente com o fato presenciado por nós. Não me perguntem o que houve, não saberia explicar, como diria o velho Chicó (Auto da Compadecida) EU SÓ SEI QUE FOI ASSIM.

Posted in Uncategorized | 4 Comments

AREIA BRANCA, E A VILA VIRA CIDADE

22 de outubro de 1927 o então governador  do Rio Grande do Norte, JOSÉ AUGUSTO BEZERRA DE MEDEIROS, assinou a lei 656, elevando à categoria de cidade às vilas sedes dos municípios  de Parelhas e Areia Branca. Emancipado desde fevereiro de 1892, o município de Areia Branca até 1927 ainda tinha como sede uma vila que em 22 de outubro daquele ano, foi elevada à categoria de cidade. Equivocadamente o município celebra 22 de outubro, como data da emancipação política, quando o correto seria festejar em 15 de fevereiro, a real data da emancipação no ano de 1892.

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

AGORA É SÓ VOTAR.

Pronto, AGORA É SÓ VOTAR, espero que os últimos dias, de muitos discursos, de muitas promessas, de muitas verdades, de muitas mentiras, tenham sido mais que suficientes, para que essa cidade tenha mergulhado numa reflexão profunda e tenha amadurecido na velha arte de julgar, de escolher. AGORA É SÓ VOTAR, parece tão simples, mas não é. Infelizmente ainda não amadurecemos à nossa democracia, aqui, ainda se compra e se vende votos como se fossem mercadoria. Aqui ainda se oferece e se recebe a ação dos governos, como se fossem favores, aqui, ainda existe transferência do poder entre familiares como se fosse um feudo. Aqui, ainda se gasta 100 numa campanha, disputando uma vaga que só vai render 50 Por isso, não me parece tão simples assim, e é por essas e outras, que faço um alerta, ainda temos algumas horas para refletir. reflitamos pois, pensar, pensar, ai sim, AGORA É SÓ VOTAR. Boa sorte AREIA BRANCA.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

GREVE GERAL

Alguns sindicatos, possivelmente orientados pela centrais sindicais às quais são ligados, começam articular com os seus filiados a possibilidade de convocarem uma greve geral. Na minha opinião, não existe algo mais desagradável do que greves, principalmente as que mexem com os serviços de primeiras necessidades, tipo bancos, correios, saúde transportes, e mesmo às mais comuns, que acontecem com mais frequência, como na educação, principalmente quando paralisam aulas e prejudicam os alunos. Na atual circunstância, notasse que existe uma movimentação orquestrada, (sabe deus por quem) para tentar paralisar o país visando claramente atingir o governo recém empossado, numa tentativa de passar à população a ideia  de incapacidade.

Pode-se afirmar portanto, que se houver mesmo a convocação de uma greve geral, tal greve será 100% política, portanto, inconsequente e interesseira, cabendo portanto aos orientadores do paredismo profissional a pecha de que eles estão apostando na política do “quanto pior, melhor.” Enquanto isso o povo, pobre povo, vai apenas assistir sem nada poder fazer, à institucionalização da baderna. Durma-se com um barulho desses. Zero  portanto para a CUT e para às suas similares que pensam da mesma forma.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

LIBERDADE, LIBERDADE!

Estamos a menos de um mês do dia das eleições para escolha de prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros, claro que a movimentação se intensifica de norte a sul, leste a oeste em todo território nacional, para nós, o que mais  interessa dentro do macro universo nacional, é o nosso pequeno, mas amado município, a Areia Branca querida por todos, e é esse amor, essa querência, que nos leva a desejar o melhor. Como alguém já falou, “Os próximos quatro anos, começam no dia da eleição.” Afinal, o que queremos? como a história está se repetindo, e o resultado do primeiro capítulo nós já conhecemos, estamos prontos, conscientes, para que não se repita o mesmo erro. Tudo está sendo conduzido de maneira absolutamente igual, portanto, precisamos mudar o final dessa história, única forma de evitar outra catástrofe.

Como sinto no ar um forte desejo de mudança, sigo confiante que tal mudança virá, e estou certo que os dias que restam, serão suficientes para que aqueles que ainda estão indecisos, venham ajudar a libertar o nosso município das barras de uma prisão criada com o objetivo de respaldar os projetos ambiciosos de um grupo familiar.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

… E SEGUE A CAMPANHA!

O colorido das camisas denuncia, a campanha começou com força total, ou será que seria “chegou à reta final!” para os candidatos, outubro está bem ali,  afinal, estamos a exatos trinta dias do dia da eleição, na minha opinião, esse é o melhor momento para que os candidatos possam desenvolver um trabalho eficiente de convencimento do eleitor, falando dos seus projetos e planos para levar o nosso município a vitória diante da crise cruel que se abate sobre o nosso país. Infelizmente, o que se ver e se ouve, não representa o que queremos ouvir, tampouco o que queremos ver. Para alguns, o passado é mais importante do que o futuro, os marqueteiros do absurdo acreditam que explorar alguma ação ou palavra do passado, vai ajudar os seus candidatos a vencer no presente, e o futuro que se dane.

Como eu gostaria de ver em Areia Branca, eleitores altamente politizados, libertos das velhas  paixões partidárias, capazes de dar um voto altamente racional, rechaçando os compradores da consciência alheia, e assim, com toda a liberdade e isenção poder escolher os melhores e mais comprometidos com a verdade, jogando assim na lata  do lixo da história, os mentirosos, aproveitadores, políticos profissionais e vampiros sugadores do sangue dos fracos e oprimidos. Claro que isso é um sonho, mas um sonho possível de se tornar realidade.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

UM TIRO NO PÉ.

Não sei se por ganancia, vaidade ou mania de grandeza, mas na minha opinião, o todo poderoso e sapiente deputado Sousa, deu UM TIRO NO PÉ quando escolheu o seu irmão Toninho como candidato a prefeito do seu grupo político. É mais que evidente que a bola da vez na disputa, era a atual prefeita Lidiane Garcia que além de não ter sido a escolhida, ainda tem que  lutar bravamente para conciliar  às demandas do município, com os caprichos do deputado, na condução da sua campanha política particular,  e que por isso não abriu mão da sua vaidade e do desejo de ter de volta o comando do município às mãos da sua família.

A política tem dessas coisas, daí, a necessidade de estarmos sempre de olhos abertos. Existem projetos que visam beneficiar a todos, e projetos que visam  beneficiar alguns. Numa democracia, é o povo que escolhe, portanto, o futuro da nossa cidade está em nossas mãos, não é difícil ao bom observador descobrir, só precisa estar atento para ver quem realmente quer cuidar de todos, e quem só pensa em cuidar dos seus.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

OBRAS DE FACHADA, ESTAMOS DE OLHO.

Algum tempo atrás conversando com um ex-prefeito de uma cidade vizinha, ele me disse, — “Ferreira, não existe dinheiro mais fácil de roubar, do que dinheiro público, pois tira-se o dinheiro e coloca-se uma porção de papel  no lugar e pronto depois a Câmara aprova tudo e não se fala mais no assunto.”  inclusive ele me disse que havia uma determinada rua na sua cidade que já havia sido calçada pelo menos quatro vezes, tudo lá, documentado e aprovado.

Hoje, tive o desprazer de ver  que o governo municipal aqui em Areia Branca, mandou publicar no Diário Oficial do Município, decisão de iniciar uma série de “obras” que deverão custar aos cofres públicos, quase meio milhão de reais, observação; tais obras deverão ser executadas nos próximos quatro meses e constam de calçamento de ruas,  arborização, recuperação de praças, dentre outras. Acredito que devemos ficar de olho, pois desconfio que essas obras anunciadas, podem ser apenas uma forma de lavar dinheiro público, que poderá ser usado em “outras obras” que todos sabemos quais.

Tudo muito parecido com o que foi feito no fim da administração passada que mandou construir uma “praça” na Casqueira, no trevo de Irene e que até hoje está la inacabada e abandonada mas provavelmente paga e tida nos documentos como concluída. O meu amigo ex-prefeito, estava certo o tempo todo, parece que não mudou nada, continua muito fácil roubar dinheiro público. peço ao povo que fique atento, procure no portal de transparência do município, mais informações sobre essas “obras” programadas e busquem saber se elas serão executadas e se valem os valores anunciados, ou se são obras de fachada para lavar dinheiro para financiar campanha política.

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment